Castelo dos Duques de Alba

que ver

Património cultural. Castelos

Castelo dos Duques de Alba

A figura imponente da Torre da Homenagem, ou da Armaria, é parte substancial do perfil de Alba de Tormes. Também é elemento chave da rota urbana que permite um percurso sugestivo pelo conjunto histórico.

Sua origem é incerta. No início, acredita-se que se levantou como mera torre de vigia e torre de defesa. Mais tarde, no século XV, começa sua verdadeira transformação da mão de Don García Álvarez de Toledo, Primeiro Duque de Alba e origem desta linhagem.

O castelo se converte sob o Grão-Duque de Alba, Don Fernando Álvarez de Toledo, em uma fortaleza palaciana que acolheu uma ilustre corte renascentista. Dispunha de seis torres decoradas com mármores e pinturas murais como as que se conservam na Torre da Homenagem, uns afrescos que mostram passagens da batalha de Mühlberg, pintadas por Cristóbal Passin e Miguel Ruíz de Carvajal.

Depois do esplendor, o castelo sofreu os avatares do tempo, lutas e confrontos, principalmente da Guerra da Independência, que reduziram seu tamanho de forma considerável.

Na atualidade e após diversas intervenções, pode-se visitar a Torre principal que acolhe as mencionadas pinturas, a Sala de Interpretação e ascender até o mirador panorâmico exterior, que permite uma formidável visão do entorno. No exterior, pode-se passear pelas ruínas correspondentes às escavações arqueológicas iniciadas em 1991 que foram descobrindo o esplendor que chegou a ter o Castelo, declarado Bem de Interesse Cultural.

NOVA EXPOSIÇÃO DO CASTELO DOS DUQUES DE ALBA: "O TORREÃO DAS BATALHAS"

ESTADO ORIGINAL DO CASTELO DOS DUQUES DE ALBA

TOUR VIRTUAL

mais informações

Tudo o que precisas de saber

HORÁRIOS

De terça a domingo:

TARIFAS

General

Conjunta (Castelo + Museu Olaria)

DOWNLOADS

Audioguia em Espanhol / Inglês

Para facilitar a acessibilidade e a melhor compreensão dos nossos monumentos e paisagens através do móvel.

Contacto

pt_PT